Audiência de ex-empresário contra Gusttavo Lima termina sem acordo

A audiência de conciliação entre o cantor sertanejo Gusttavo Lima e seu ex-empresário Rafael Carvalho terminou sem acordo, na manhã desta terça-feira (11), na 15ª Vara Cível do Fórum de Goiânia. O cantor não compareceu à sessão e foi representado por um advogado.

O sertanejo rompeu, em março do ano passado, o contrato com o empresário após cinco anos de parceria. Pelo acordo, Carvalho teria direito a 6,69% de tudo que o artista arrecadasse, seja em shows ou em publicidade. No entanto, o ex-sócio alega que não recebeu a multa pela rescisão e nem os valores correspondentes à sua parte na sociedade.

Alegando quebra de contrato e danos morais, Carvalho pede na Justiça indenização de R$ 10 milhões. Durante a audiência desta manhã, o representante do empresário, Maurício Vieira de Carvalho Filho, apresentou novos documentos que, segundo afirmou ao G1, contestam as alegações do cantor. “Não podemos dizer do que se trata, mas esses documentos desconstroem a tese da defesa de Gusttavo”, afirma Maurício.
Com a apresentação, o juiz Clauber Costa Abreu concedeu dez dias para que o advogado de Gusttavo se manifeste sobre os documentos. Em seguida, será marcada uma nova audiência.

O G1 tenta contato com o advogado do cantor, Cláudio Dias Bessas, mas as ligações não foram atendidas até a publicação desta reportagem.

Natural de Presidente Olegário (MG), Gusttavo Lima mudou-se para Goiânia com o objetivo de impulsionar a carreira de cantor. Na capital goiana, ele começou a fazer sucesso, em 2010, e tornou-se um dos grandes nomes da música sertaneja. No ano passado, ele passou a morar em São Paulo.

Fonte: G1