"Aprendi algo com o programa que levo para a vida", diz Pedro sobre o Festival Sertanejo

Pedro Leonardo tem 26 anos e muita história na bagagem. O apresentador do Festival Sertanejo, que é filho do cantor Leonardo, aprendeu bem cedo a conviver com a fama. Aos 14 anos, fez dupla com seu primo Thiago e colocou a música “Toque de Mágica” entre as mais tocadas do país.

Nos anos seguintes, Pedro fez muitos shows, participou de programas, apresentou e, em 2012, passou por um período bastante tenso após sofrer um acidente de carro e ficar três meses internado. Feliz com a possibilidade de trabalhar com amigos, o cantor fala na entrevista abaixo sobre sua experiência no Festival Sertanejo e conta seus planos para o futuro:

Você está há três meses trabalhando com a Helen Ganzarolli, o Hugo e o Tiago. Como é a relação de vocês nos bastidores?
Pedro: Trabalhar com eles, na verdade, foi um grande presente pra mim. Sem saber, a produção do Festival Sertanejo escalou a gente para apresentar o programa sem saber que todos nós já nos conhecíamos e éramos bem amigos. A Helen eu conheço desde 2003, já o Hugo e o Tiago sempre tive contato, nos encontrávamos muito na estrada, em shows e programas. Então, o clima nos bastidores é de total amizade e companheirismo. A gente brinca, trabalha e se ajuda bastante

E entre os candidatos?
Pedro: A gente troca muitas experiências. Acho que o Festival, para eles, foi uma grande oportunidade de trabalhar a insegurança, aquele medo que dá de subir no palco, de encarar o público. Eu comecei a cantar cedo, com 14 anos, e também tinha este sentimento. E o que eu falo pra eles é que só a experiência ajuda nisso.

Como cantor, que outro conselho você deu para os participantes?
Pedro: Conversamos muito sobre ter consciência de que, além de artistas e músicos, eles são produtos. E as músicas deles são produtos também. Hoje o mercado exige este pensamento.

E você, o que aprendeu com o Festival?
Pedro: Eu aprendi muito. A Leonor Corrêa (diretora do programa) é uma excelente profissional e, além de ter sido ótimo trabalhar com ela durante este tempo, me deu um conselho que vou levar para tudo o que eu fizer como artista. Ela disse: “Pedro, seja você”. Acho que isso vale para quem está no palco ou trabalhando em qualquer outro lugar.

Falando em perspectivas, você pretende voltar a cantar ou continuar apresentando?
Pedro: Minha voz ainda não está 100%. Foi por este motivo que preferi encerrar a dupla com meu primo Thiago. Eu não podia fazer com que ele parasse a carreira dele para esperar minha recuperação. Disse que ele tinha que seguir. Nossa vida estará sempre unida por nosso começo e nossa história. Mas agora quero pensar na minha recuperação e continuar trabalhando como apresentador. Foi incrível esta experiência!

Fonte: SBT – Festival Sertanejo | Foto: Lourival Ribeiro/SBT