Israel Novaes aposta em romantismo em novo DVD: “Foi um lado que não foi visto”

    Com pouco mais de um ano de carreira, Israel Novaes está produzindo seu primeiro DVD. O álbum será gravado em Goiânia, ao vivo, em 25 de outubro. Pouco se sabe ainda sobre os bastidores do novo trabalho, mas uma coisa o sertanejo deixa claro: ele quer mostrar mais seu lado romântico.

    — Eu sempre fui romântico, mas foi um lado que não foi visto. Mas acho normal para um começo de carreira mesmo.

    O cantor paraense acredita que fazer letras românticas é a paixão de todo compositor. E ele próprio não foge a essa regra.

    — O meu primeiro CD, das 13 músicas, dez eram de letras sobre relacionamentos e sentimentos. Eu sempre fui envolvido com isso. Mas, às vezes, [a música animada] é o que pode levar seu nome mais rápido para depois você vir mostrando o que você quer mostrar como música.

    Apesar disso, o autor dos versos vem ni mim Dodge Ram conta que não pretende deixar de lado as músicas agitadas. Tanto que em seu DVD terão faixas com toques latinos e participações de outros cantores, que ainda não foram reveladas.

    Embora o show ainda não esteja com o repertório fechado, ele garante que haverá coisas que ninguém nunca viu.

    — A Dodge Ram foi uma musica muito forte. Ela dividiu muitas águas, não só na minha carreira, mas na música sertaneja. Graças a Deus eu me desvinculei de só essa música.

    Antes da gravação do DVD, no entanto, Israel Novaes vai precisar trabalhar muito. Neste final de semana, ele se apresenta nos Estados Unidos, em New Jersey e Massachusetts.

    No começo de outubro, o Cara do Arrocha, como é conhecido, vai lançar um álbum com os maiores sucessos da careira meteórica, além de quatro faixas inéditas.

    Depois disso, em 5 de outubro, ele será uma das estrelas do Villa Mix Festival ao lado de Jorge & Mateus, Gusttavo Lima, Humberto & Ronaldo, Guilherme & Santiago, Maria Cecília & Rodolfo, Matheus & Kauan e Naldo Benny.

    Essa será a primeira vez que o festival sertanejo é realizado em São Paulo e o cantor é o nome mais novo entre os participantes.

    — O momento que era para eu me sentir mais apreensivo, já passou, que foi bem no começo. Eu tenho que mostrar trabalho para o meu publico. Tem que trabalhar. E todo mundo respeita quem trabalha.

    Fonte: R7